terça-feira, 25 de agosto de 2009

Recolhendo

O toque de recolher, á noite para adolescentes, tem sido uma grande ajuda no combate a violência e ás infrações juvenis no país. Há poucos meses a justiça determinou a implantação desse novo sistema em três cidades do interior paulista.Desde o surgimento, á medida vem dividindo opiniões, já que a lei estabelece que sem companhia dos pais crianças de até 13 anos só poderão ficar nas ruas em locais públicos até as 20;30.Os jovens entre 14 e 15 anos terão que se recolher até as 22 horas e os que tiverem entre 16 e 17 terão que voltar para casa até as 23 horas. Além disso, os menores de 16 anos estão proibidos de freqüentar lan houses.

Fonte: g1.globo


O numero de ocorrência envolvendo jovens tem diminuído em algumas cidades, embora é importante destacar que essa medida não irá resolver todos os problemas que envolvem a juventude. Uma determinação que previne conflitos nas ruas, mais não apresenta acompanhamento ou recuperação dos jovens e crianças.A polícia não tem condições de ser "babá" de uma cidade grande, Rio De Janeiro por exemplo.Considerando suas funções, ao combate da violência, droga no qual é ressaltados na mídia.São necessárias alternativas mais eficientes e que possam ser trabalhadas na mairia dos lugares. Projetos com de acolhimento, atendimento e proteção integral ao desenvolvimento da educação para os Jovens. Parceria do governo com empresas privadas para apoio na cultura; Teatro, Música, Esportes, Jogos. Interatividade para que o jovem ao sair na rua consiga ser um bom cidadão, mais consciente dos seus atos.Listados na constituição e no próprio Estatuto da Criança e do Adolescente no que se refere á liberdade, os direitos estão sendo violados pela recolhida. Por meio dessa medida, fica claro que os país não estão conseguindo se responsabilizar pelos seus filhos, orientar e educar no qual seriam sua obrigação.Cabe à família o dever de dialogar sobre a vida, explicando sobre as leis, a conduta de convivência social, além de oferecer condições básicas de alimentação, Higiene, Saúde e etc.
Quantas vezes ouvimos falar de crianças que matam pais e vice versa!
Os país nem sempre conseguem orientar seus filhos, e tem receios de procurar ajuda de médicos ou Psicólogos.Porém isso pode agravar a convivência familiar no qual é estremem anete importante para o seu meio social.As autoridades deviam se preocupar em dar cusos para família; em como ser pai e mãe. Infelizmente não são todos que estão preparados para educar.O toque de recolher é uma forma de "maquiar o problema" e não um método para que isso acabe.Não existe proteção se nenhuma das partes assumirem um compromisso sério de investir na educação.

Autoria: Luciene Mione

Veja os videos:




23 comentários:

Gabriela Moura disse...

o toque de recolher é um paliativo, claro, mas parece ser uma das unicas soluções de emergencia pra suprir a carencia de limites ja q alguns pais simplesmente nao o fazem.

Thiago Calango disse...

"A polícia não tem condições de ser 'babá' de uma cidade grande" isso é verdade, tem coisa que tem que vir de casa, ótimo blog ;]

www.atossicando.blogspot.com

Alan Santos disse...

Com toda certeza, isso não resolverá o problema, mas emergencialmente pode ser uma forma de diminuir as tragédias que acontecem com nossos jovens, e dar tempo para organizar uma estratégia real e sólida para solucionar o problema.
Fato, é que o estado não está nem um pouco preocupado com essa forma de solução, e como foi dito no post, "maquiagem", pura e simplesmente "maquiagem". Sobre estar ou não contra a constituição dos direitos, o Brasil tem um código penal completamente atrasado e precisa ser revisado. Muitos outros direitos nos são retirados, e ninguém responde por isso. Esse é só mais um deles!

Cacá disse...

muito interessante o seu texto...é uma questão para se pensar.


vo te seguir tmb :D

Salsi disse...

Realmente, não pode ter esse apelo de toque de recolher se outras camadas da sociedade não são conscientizadas de seus direitos e deveres. Ao meu ver, houve uma medida que não acarretará em nada.

José Carlos de Sousa disse...

Acho um absurdo chegar a esse extremo. Os pais que não conseguem controlar os filhos, as drogas na rua, a desonestidade, a violência, isso é tudo por causa da cultura desse "modinho" brasileiro. O negocio agora é estar no inferno abraça o capeta.

Anônimo disse...

Ei lu acho que você devia fazer jornalismo viu moça, tu tem essa vocação. Acho que Você tem toda razão uma coisa leva a outra.
Não acho que apenas as leis deveriam ser radicais mais sim uma estrutura educacional adequado.
Ass: Sabrina F.

Daniel A. S. disse...

Gostei do texto, esse toque de recolher não resolve, mas ajuda um pouco sim. Acredito que cabe aos pais decidir qual a hora que os flhos devem estar em casa, se ele acredita que orientou seu filho corretamente não vai se preocupar muito por ele estar na rua até um pouco mais tarde.

Anônimo disse...

Muito bom o texto Lu. Parabéns pela reflexão, continue assim.

Sérgio

Josiney disse...

Bom o texto sobre violência noturna com os adolescentes, dá uma pequena idéia do que se tem discutido e a solução já adotada em algumas cidades... Porém, por ser um tema bem complexo, achei o texto muito sem sentimento, você poderia ter dado mais sua opinião. Mais se for tentar algo como jornalismo realmente a opinião neutra esta ótima.

Marcos Gacê disse...

Quando as folhas de uma árvore secam primeiro que as outras significa que essas são inferiores, de alguma forma, as outras que permanecem verdes. A árvore, porem, simplesmente elimina tais moribundas e faz brotar, em seus lugares, outras novas e viçosas. Bom, não adianta dar murro em ponta de faca. Só uma educação forte e democraticamente acessível é que vai purificar essa nação. Tirar o direito de ir e vir é correr atrás do rabo e protelar ações eficientes e preventivas, o que não é nada lucrativo, segundo o ponto de vista do nosso sistema "barrento".

KyllMila_Mandhalla. disse...

Eu adorei a sua postagem, amei o seu blog, pois o nome dele é bem parecido com o meu. Seu jeito de se expressar é incrível!

Mas confesso que a frase do dia, mecheu muito comigo.

"A vida é maluca! Nós nos apressamos em busca de intimidade e envolvimento pessoal, apenas para morrer de medo quando a possibilidade aparece…"
(Carl Whitaker)

P E R F E I T O!

www.etudoquepenso.blogspot.com

Carlos disse...

Belo texto, e gostei do seu modo de pensar!
É claro que não podemos jogar toda a responsabilidade de educação na policia ou nos governantes, afinal não é certo que a educação vem de casa? São os pais o primeiro alicerce de uma educação correta, dos jovens saberem o que é o certo e o que é o errado, mas ultimamente, tem havido essa inversão de valores, pais que acham que a TV, o computador, as escolas que devem educar nossos filhos, e jogam toda a culpa neles.... as autoridades que criam mecanismos estúpidos, arcaicos e sem sentido, qdo proibem os adultos, sejam pais, professores ou quem quer que seja, de dar um puxão de orelha, um castigo, sob risco de serem enquadrados em crime de agressão de menores.....
Poxa vida, eu apanhava qdo era pequeno, se eu aprontava uma arte, meus pais me batiam sim, com chinelo, com a mão (nunca me espancaram pra matar, claro), enfim, não foi por isso que me torneium adulto revoltado, ou traumatizado.....
Então paremos com a hipocrisia, de culpar as autoridades, paremos de jogar a responsabilidade nos ombros de outros... façamos nossa parte!

Rô Lima disse...

Adorei o blog, vou seguir.. Bejô! ^^

Kio Cv disse...

Se os pais não conseguem prender os filhos em casa o governo tende tomar medidas autoritarismo. Não acho que devia haver algo como apenas educação, mais a remoção de todos os usuários de drogas, viciados, e pessoas que não obedecem a lei. Não vale a pena ter esse tipo de gente, por isso sou a favor de pena de morte no país, ficar alimentando desonestidade so o Brasil.

Ass: Kio CV
Mario Kart ds

Júnia Mara disse...

Muito boa a reflexão Lú!! Adorei

Pra mim essa medida não é só uma 'maquiagem' como você bem disse. É um reflexo da postura de um povo, que permite, e pior delega ao Estado o poder de decidir o que é melhor para ele. Os pais hoje acham que a escola deve educar e a lei impor limites aos seus filhos. Não é de se estranhar que esse mesmo povo, aceita todos os absurdos que seus governantes fazem. Alguns dizem sentir falta da ditadura... afinal é mais fácil não ter responsabilidade com os seus filhos e muito menos com o país, mesmo que a custa disso, a liberdade seja posta em cheque.

iti disse...

acho uma bobagem...
http://www.maquinazero.com.br/

Rafael Duarte disse...

Um curso pra educar um filho no qual ele nao se importa ?? outro detalhe é o toque de reconher evita q menores e inocentes se envolvão em coisas ruim mesmo sem querer, ajuda a separar, tende fazer essas medidas necessárias.Tais como prender usuarios de drogas, matar ladrões e esse bando de politico desonesto so assim vai funcionar.

Mandy / disse...

Bom o post, ja tinha ouvido falar sobre esse toque de recolher , mas por aqui ainda não funciona muito , bom era se funcionasse hein? :)


Ah , você ganhou 2 selos . Parabéns :) Se quiser pega-los , visite: http://saiidademergencia.blogspot.com/2009/08/selos.html

Meladoman disse...

Num pais aonde todo mundo ensina os filhos a sonhar em ser jogadores de futebol, para conseguirem salários exorbitantes, e sairem com várias mulheres, apesar de até isso ser raridade no mundo do esporte, e não dá incentivo para que esse mesmo filho seja um médico salva vidas, ou um engenheiro que ajude a construir casas para as outras pessoas... bom , está no caminho errado desde o começo ne? ótimo texto lú!

Cão Pelado disse...

Achei mto bom esse toque de recolher, até pq lugar de criança de dia é na escola é a noite é em casa...
Atitude mto boa! Tomara que seja copiada pra outros Estados...

Passa lá e comenta tb:
http://caopelado.blogspot.com/

LongLee disse...

O toque de recolher tem q funcionar como medida provisória para uma reformulação na forma de educar os jovens, ultimamente eles só querem moleza e festa e fazer merda ¬¬.

Quanto a redação, Lu, escreva seus posts no papel, evita erros de internet e aí então vc escreve no blog, creioq vá ajudar a reparar os poucos erros q encontrei no texto.

Abração ^^

Andrew Rey Rodarte disse...

Bem o toque de recolher é bem válido pra algumas faixas etárias, mais somente em locais públicos como ruas e praças, restringir o acesso dos jovens a lan houses e outros tipos de estabelecimentos me parece muito radical, o mais interessante seria se esses jovens tivessem mais opções de lazer para poder ocupar seu tempo ao invés de ficar na rua pensando em alguma forma de passa o tempo, e a falta do que fazer pode levar o jovem a pensar certas maluquices para passar o tempo....mais se esta dando certo a medida tomada por essas cidades,tendo dito que diminuiu os casos de delitos praticados por jovens,bom pra todos e ruim para os jovens que não podem mais desfrutar da liberdade noturna.....