quarta-feira, 29 de abril de 2009


Porque pensar?

Na maioria das vezes buscamos na força de nossos pensamento, um objetivo único e muitas vezes não damos contas de o quanto isso nos faz tomar decisões precipitadas, sem pensarmos nas conseqüências e muitas das vezes sofrendo um pouco mais tarte.
O blog "Pensadora xD" tem o ideal em esclarecer uma posição em sua mente, porém talvez não seja a mesma exposta aqui, mais a melhor forma de fazemos um apelo à auto-reflexividade!




“Controla uma conversa não quem fala, mas quem ouve, por isso é melhor você falar menos e ouvir mais.

O grito

As pessoas são fundamentalmente boas ou más? Quase todos nos chegamos a pensar nisso um dia. Alguns de nós não prestamos atenção no que estamos passando nos gestos, palavras, e nosso exemplo que está a maior enfase de quem somos!
A Comunicação fez culturas foram formadas, guerras travadas e vidas transformadas em decorrência do seu ministério há mais de dois mil anos. Porque nossas palavras trazem impactos tão grandes? Como nossas ações podem revolucionar o mundo? Descobri que cada pessoa precisa de uma disciplina, seja ela religiosa, psicologa, educacional ou esportiva, no qual ajuda aprofundar melhor conhecimento da outra. Fico admirada ao constatar como os pontos de concordância entre os princípios espirituais e os emocionais podem favorecer a saúde tanto emocional quanto física. No mundo individualista que onde o mp3 é o seu melhor amigo, as paredes do seu quarto se torna um inimigo. As criticas que faziam ao vizinho alcoólatra vem se alto abrangendo a escolhas minuciosidades e a falta de conhecimento na comunicação.
O estado depressão faz com que em muitos momentos criem um dependência química, ou sentimental no qual a falta de conhecimento fazem pensamos em "zen", afastar de todos, pois esse mundo não é mais seu! O que é preciso?O senso egoístico grita mais alto e surge a pena de si, o desanimo tomou conta, a dificuldade em poder estar perto das pessoas, seu desenvolvimento volta ao incio da pré-historia.O medo começa tomar conta de uma maneira pequena, após algum tempo não se pode dar na medida quem tu és. Uma das causas em que o homem chega se ver como único individuo é a carência da comunicação ou desrespeito a ela. dificuldade para expressar totalmente seus sentimentos, a falta de ser ouvido, tudo influencia para que possamos chegar a uma terceira guerra mundial.
A maior parte das nossas decisões é tomada inicialmente em razão do que sentimos ou acreditamos, podemos destruir o mundo ou criamos outro totalmente diferente do que estamos acostumado a viver, não esqueça das pessoas ao seu redor, um dia iram precisar delas, e quando não tiverá mais geito ira lamentar pela palavra esquecida; PERDÃO, EU TE AMO!

Veras a morte ao teu lado, gritará por socorro e o eco da sua voz estará apenas a sua?

Texto: Luciene Mione

16 comentários:

Thalles disse...

A respeito do pensar acredito que muitas pessoas tem dificuldade em expor, pode se ocorrer a causa da depressao isso.. O fator que somos pessoas anti-sociais e as vezes vivemos muito em um mundo capitalista.
Mais a causa disso é como vc mesmo disse o senso egoista...

Filipe disse...

Oi Luciene...o mundo mudou, a comunicação entre os seres mudaram, os tempos mudam e cabe a nós encaixarmos da melhor forma nesta situação. O egoísmo, a desconfiança, o medo viraram normalidade na atual forma de relacionamento. Pude perceber em seu texto esse pensamento, achei bastante interessante, parabéns

Júnia disse...

O individualismo faz com que o homem tenha dificuldade de ver no outro alguém como ele próprio. Ainda que estejam destruidas as barreiras e os limites para a comunicação, tecnologicamente falando, o homem atual esta fragmentado em si, e como tal constroi relações fragmentadas a partir de uma comunicação fragmentada. Com certeza, a comunicação, algo que foi e é fundamental para construir novos horizontes e perpetuar os valores ja existentes, deve ser repensada para que não corramos o risco de perder a riqueza da partilha.
Otima reflexão Lú, adorei o texto!

Lucas disse...

"BATO O MARTELO"
Porra a falta de bom senso da humanidade transforma tudo... Realmente estamos vivendo intensa crises sociais em nossa pais devido ao capitalismo mutuo. EU NAO SO COMO BATO O MARTELO COMO BATO O PURRETE !!
AHAHAHA
Otimo texto ... Concordo

Fog10 "Tiago" disse...

O Concordo com tudo oque vc disse, chego muitas vezes a passar o dia inteiro sem receber um obrigado ou um desculpe de ninguém e olha que trabalho com professores diretores e profissionais da educação..... É fazer o que né? O melhor é continuar dizendo porfavor, obrigado e o que menos se ouve: Eu te amo.. Não ouço a muito tempo das pessoas.

Douglasblast disse...

BATO MARTELO! CONCORDO EM PARTES !. Acredito que a guerra nao pode originar apenas do fator da comunicação mesmo porque o ser humano ele é racional mais tem instintos. E desde a pré historia buscamos nos envolver mais para isso. Claro a religão tem ajudado a "dopar" isso mais não quer dizer que seja apenas um senso egoistico..Mais realmente precisamos conviver mais com as pessoas para sermos melhores..

giancarlos disse...

Praticamente um "Paulo Coelho" de saia!

Com certeza é fato que as pessoas estão se isolando cada vez mais, acabando por deixar o calor humano de lado. Por mais globalizados que sejamos, tecnologia nenhuma substituirá um aperto de mão, um abraço, um "bom dia", um "eu te amo", um beijo. Coisas que são tão instintivas do ser humano quanto o impulso de se auto destruir.

Sim, instintivas. Já que o bicho homem é extremamente sociável e incapaz de passar sua vida inteira sozinho, não interessando se ele vive 30 anos ou 30 segundos.

Belíssimo texto, Lu! O martelo quebrou aqui, de tanto eu bater, hehehe!!

Ragner disse...

Hummmmmm!
Bom, concordo com boa parte do que foi escrito, mas acima de tudo, gostei muito de tudo que li. Tenho uma filosofia mostrando o outro lado do que vc defende, buscando valorizar o individualismo, não discutirei aqui porque acho que não seria uma discursão direta e o espaço não é apropriado. Mas vc tem um valoroso ponto de vista sociológico é admirável...
Comentando sobre a estética. Gostei muitíssimo do seu trabalho, muito tênue e simples, o que não faz o visual saltar por cima do filosófico, mas harmonizando a idéia das palavras. Uma ótima organização. Quanto a estética do texto eu tenho muito a elogiar também, visto que temos uma mescla dos quatro pilares dos valores humanos, religião, filosofia, arte e ciências. Uma coisa que gostaria de opinar é que acho que ficaria interessante se fossem utilizadas mais bases com fatos do dia a dia nos textos, aproximaria ainda mais com a convivência do leitor!^^
Abraços!

Rafael Archetti disse...

*** NÃO BATO O MARTELO! ***
Estamos vivendo a era da comunicação e quanto mais percebemos nossas barreiras existenciais e geográficas sem extinguindo, mais nos afundamos numa sensação de incompletude e automática exclusão da sociedade que por si só já é elitista de aceptiva. Assim, na mesma intensidade com que nos vemos detentores do mundo globalizado, nos encontramos num fundo do posso existencial, solitários e cada vez mais frequentemente depressivos.
Apesar de tudo, não podemos condenar os processos tecnológicos pelos quais lutamos há séculos e que hoje, embora desfocados pela ação voraz do capitalismo selvagem, conseguimos alcançar com relevante louvor. No entanto, a verdadeira reflexão que nos é necessariamente imposta e de indiscutível miter satisfatória resposta arrematadora é: quando perdemos nossa identidade de seres humanos?
Somos seres extremamente necessitados do calor humano... Não ilhas! E todas as vezes que agimos contra essa máxima, estamos fadados ao insucesso, à infelicidade e, numa visão mais contemporânea, ao iminente mal da depressão.
Registre-se: a ideia é boa! A reflexão também... Não estou plenamente de acordo com o que foi exposto,por crer que existem mais razões para nosso isolamento e consequente fracasso emocional. Por tudo isso, NÃO BATO O MARTELO, mas é muito bom expressar opiniões e respeito e admiro este artigo!
Um abraço, Luciene... E parabéns!
Rafael Archetti

Gabryella disse...

Não bato martelo ... Acredito que a falta da comunicação intui o homem a ser mais distante, dos principios morais, eticos, e muitas vezes ate sociologicos. As guerras comecaram pela procura do poder, e so pode ter obtetido isso a partir da comunicação que idusio ao homem a querer ter mais do que outro a quer mostrar : EU TENHO !!! VOCÊ NÃO TEMMMMMM!!! A distancia da vida com a morte diante a maneira com que escolhemos viver seja ela no capitaslimo ou socialismo nao depende da indugencia e sim do humanismo..

Compz disse...

Ggostei bastante do texto!

O texto me deixou pensativo, isso é importane, as vezes, em meio a tanto stress e ocupações, não conseguimos tirar uns minutinhos para refletir.

Grande beijo,
Ciro Muraro

carlos moita disse...

A maneira de que você trata a condição psíquica-social humana em enfase,com a condição social em que vivemos ,onde as pessoas nos enxergam com um olhar despresível ao ponto de nos regurgitar onde, não tem a paciência de escutar poucas palavras que fazem a diferenças em determinados momentos da vida como:A perda de um ente querido entre outros motivos.
Enfim,não importa onde e como você viva ,o que importa é que vc faz parte desse mundo cão e que podemos mudar.

vinnye disse...

Faço das palavras de ragner, por parte minhas, o texto é bom, aprofunda sobre a solidão humana hoje, mesmo com tantos meios de se ter contato com as outras pessoas, eu li realmente uma materia na revista da super interessante falando exatamente sobre isso.

A tecnologia nos afasta.
Não concordo muito que todas as pessoas precisem de uma ideologia religiosa, algumas pessoas não precisam realmente , elas não necessitam se definir, mas poucas são assim.

A depressão é a doença dos últimos tempos, mas não é sem cura, a depressão não é a aids. há como curar.


mas também acho que nossa solidão, é causada também pela falta de aceitação de seus próprios sentimentos

Samuel disse...

Muito bom texto lu, parabens!

Gustavo Santiago disse...

Detalhe de tais impulsos que o ser humano tem, frente a outras ações. Quando se toma uma atitude ou comportamento sem pensar nas consequencia. Isso é do proprio ser humano.

Cassiano Maçaneiro disse...

Muito bom!!!! estou seguindo!